sábado, 30 de março de 2013

Novo protesto contra tarifa de ônibus pede fim da corrupção, em Manaus

Estudantes percorreram ruas da Zona Centro-Sul da capital em protesto. Para manifestantes, políticos não representam o interesse da população.

Manifesto percorreu algumas ruas da Zona Centro-Sul de Manaus
Estudantes percorreram, na tarde deste sábado (30), ruas da Zona Centro-Sul de Manaus para se mostrarem contra o aumento da passagem de ônibus, anunciado pelo prefeito da capital na última quinta-feira. Os manifestantes também exigiram a saída de políticos e autoridades locais e nacionais de cargos públicos.

Os ativistas também exigem a exoneração de Robério Braga da Secretaria de Cultura do Amazonas, Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado Federal, e o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

Segundo o estudante Luan de Castro, de 18 anos, a iniciativa tem o objetivo de fazer as pessoas pensarem sobre o cenário político atual do país. "Somos um movimento apartidário e queremos misturar todos os grupos unidos para mostrar a todos as falcatruas que nosso Estado e país está enfrentando. A intenção é comover quem passa pelas ruas a olhar os problemas da cidade", disse o estudante.