quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

WALDEMIR REALIZA DEBATE SOBRE A SITUAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO NO BAIRRO DE PETRÓPOLIS.


Em atendimento às reclamações e reivindicações dos moradores do bairro de Petrópolis a respeito da situação precária do transporte público nessa localidade, o vereador Waldemir José (PT) realizou na noite dessa quarta-feira (10), reunião com os comunitários e contaria coma participação do titular da Superintendência Municipal de Transporte Urbano (SMTU) para debater soluções para melhoria do serviço de transporte no bairro, mas, mesmo confirmando presença, o superintendente Pedro Carvalho não compareceu e não justificou sua ausência.
 
No encontro, que contou com a participação de aproximadamente 80 pessoas, Waldemir José fez exposição do relatório final da fiscalização que ele realizou nas estações de ônibus dos bairros de Petrópolis, Japiim, Mauazinho, Novo Aleixo, Cidade Nova e Jorge Teixeira, fiscalizadas nos meses de fevereiro e março deste ano. No documento, problemas como: redução de 50% dos veículos em algumas linhas; superlotação dos ônibus; pneus “carecas”; ônibus com cadeiras e janelas quebradas; banheiros das estações sem condições de uso e, principalmente, cerca de 90% dos elevadores, que deveriam dar acessibilidade aos cadeirantes, danificados. Além disso, segundo o parlamentar, a falta de fiscalização por parte da Prefeitura é o maior causador dos problemas no sistema, pois as empresas ficam à vontade para descumprir o contrato.

Mesmo sem a presença de Pedro Carvalho, os comunitários mostraram sua indignação com a precariedade do transporte, e protestaram contra a ausência da SMTU na reunião. “É lamentável que o superintendente não esteja aqui para saber o que passamos cotidianamente no transporte público. Todos os dias somos massacrados dentro desses coletivos (610 e 612) e passamos horas de nossas vidas esperando por um ônibus”, disse Carlos César, morador do bairro Japiinlândia.

Para o aposentado Antônio Azevedo, comunitário do bairro de Petrópolis, a situação precária do transporte, não só bairro, mas como em toda a cidade, é culpa de gestão municipal, uma vez que não há comprometimento da Prefeitura e também do Poder Público em resolver, de uma vez por todas, o problema do transporte, cobrando das empresas o cumprimento do contrato de concessão. “A SMTU e o prefeito estão do lado das empresas e não do povo, porque não fiscaliza e nem cobra das empresas que atuem conforme rege o contrato”, disse.

Já Waldemir José lamentou a ausência, sem justificativa, do superintendente, tendo em vista que a pauta foi uma solicitação dos moradores e confirmado por Pedro Carvalho durante uma audiência realizada no dia 12 de novembro último, em seu gabinete, na SMTU. “Infelizmente somos um Poder (Câmara) limitado e quem tem o poder para resolver os problemas da cidade não está interessado em fazê-lo. Penso que essa atitude do superintendente foi um desagravo, não só para mim como parlamentar, mas, sobretudo para a população que se dispôs a discutir soluções para o transporte”, salientou o parlamentar.

Como resultado dessa primeira reunião, criou-se uma comissão formada pelos moradores que deverão atuar juntamente com vereador Waldemir José nas ações, propostas e tarefas para melhoria do transporte no bairro de Petrópolis. Com isso, o parlamentar acredita que poderá ser o início de uma organização popular pela luta de um transporte público de qualidade no bairro e, quem sabe, com a possibilidade de se estender para toda cidade.

Fonte: Assessoria de Comunicação.