terça-feira, 4 de novembro de 2014

Waldemir cobra da Prefeitura o cumprimento das metas estabelecidas para melhoria da Mobilidade Urbana.


Durante a Sessão Plenária desta terça-feira (4), o vereador Waldemir José (PT) cobrou da Prefeitura as metas prometidas para Mobilidade Urbana durante Mensagem do Prefeito à Câmara Municipal de Manaus (CMM) deste ano. Na ocasião, o parlamentar informou que solicitará o comparecimento do Superintendente Municipal de Transporte Urbano (SMTU), Pedro Carvalho, para explicar os motivos que levaram o Executivo Municipal a não cumprir as metas estabelecidas para 2013 e 2014. 

Nas Mensagens do prefeito do ano passado e deste ano, constam várias medidas para melhoria da mobilidade urbana que a Prefeitura já deveria ter implementado, dentre elas, a realização de concursos públicos para servidores no SMTU, renovação da frota do sistema convencional, implantação da faixa exclusiva para ônibus, a criação de um decreto de regulamentação do transporte convencional, implantação e reforma de abrigos e outras. 

De acordo com Waldemir José, passados quase dois anos da gestão municipal atual quase nada foi realizado para melhoria da Mobilidade Urbana, mas promessas foram muitas, principalmente no que diz respeito ao sistema de transporte público que continua nas mãos dos empresários. “As empresas continuam fazendo o que querem e a Prefeitura não cumpre seu papel de fiscalizadora”, disse o parlamentar. 

Além disso, ele lembrou que a instalação do Centro de Controle Operacional (CCO) e o concurso público para fiscais do SMTU, medidas que melhorariam significativamente a mobilidade, eram prioridades para o prefeito, mas até o momento nenhuma dessas promessas foram executadas. “Se o concurso tivesse sido realizado para suprir o déficit de fiscais nas estações de ônibus e o CCO tivesse sido implantado em todo o sistema convencional passos importantes teriam sido dados para que a Prefeitura cumprisse seu papel de fiscaliza o sistema”, pontuou Waldemir. 

Como ação para melhoria da mobilidade, o vereador petista fará indicações para que as metas não realizadas de implantação e reformas de abrigos sejam acumuladas para o próximo ano. 

Fonte: Assessoria de Comunicação