terça-feira, 4 de novembro de 2014

José Ricardo discute Orçamento 2015 em Audiência Pública.


O deputado José Ricardo Wendling (PT) irá realizar Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), por meio da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação, Informática e Inovação, para debater o Orçamento Público Estadual para 2015, em torno de R$ 16 bilhões. “É necessária essa discussão para ouvirmos os diversos segmentos da sociedade sobre as suas prioridades antes do Estado fechar o seu orçamento. São desses debates com a população que sairão as emendas parlamentares”, declarou ele, ressaltando que também irá apresentar emendas com as propostas de campanha do governador reeleito. “Porque é fácil falar e prometer. Resta saber se há proposta orçamentária para isso”.

José Ricardo também solicitou da presidência da Aleam a apreciação pelo plenário da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 09/2011), de sua autoria, que tramita na Casa desde 30 de novembro de 2011, e que prevê que o Governo do Estado realize, Audiência Pública nos município para discutir o orçamento. “Essa PEC está pronta para ser apreciada, mas ainda não a colocaram em pauta de votação. Porque é a sociedade quem sente os problemas e quem deve dizer para onde o governante deve gastar o dinheiro público, fruto dos impostos pagos por cada cidadão. Espero somente que esta Casa apoio essa minha proposta votando a favor dos interesses populares e que o Governo a coloque em prática”, completou.

Na ocasião, o deputado também enalteceu a iniciativa do vereador Bibiano, que está promovendo reuniões em diversos bairros para discutir o orçamento do Município de Manaus, de cerca de R$ 4,3 bilhões previstos para 2015. “Esta é uma conduta adequada e deveria ser a postura de todos os parlamentares. Sempre faço esses debates com a população porque é uma forma democrática do povo participar das decisões orçamentárias”, disse ele, também cobrando que a Comissão de Finanças da Aleam também promova debates para aperfeiçoar o orçamento.

Dentre as emendas que o parlamentar apresentará este ano, estão algumas na área da educação: inclusão de auxílio-alimentação e vale-transporte para todos os professores, além de plano de saúde e garantia de pagamento da segunda parte do reajuste dos educadores, que é de 4,3%, para janeiro de 2015. E mais: ampliação dos investimentos na educação de 25% para 30%. Já na segurança, ele adiantou apresentar emenda para aumentar o auxílio-moradia para os policiais militares, que está congelado há onze anos.