quarta-feira, 26 de novembro de 2014

O Brasil tem o minuto de celular entre os mais caros do mundo


Levantamento da União Internacional de Telecomunicações (UIT) – entidade vinculada à ONU – divulgado nesta 2ª feira (ontem), em Genebra (Suíça), prova que o Brasil é um dos países com maior custo por minuto de ligações de celulares em todo o mundo. De acordo com esta pesquisa da UIT, feita em 166 países, além da telefonia, também o acesso à internet em nosso país está entre os mais caros. E pior: os custos impedem o país de ter êxito nos programas elaborados para garantir que os serviços cheguem a toda a população.

Assim, uma das conclusões do trabalho da UIT é que a desigualdade social no país é ampliada, na medida em que se registra, também, uma desigualdade digital profunda. Segundo o levantamento da entidade da ONU, no Brasil o custo da Internet para a população mais carente representa 20 vezes o peso que o mesmo serviço tem para os mais ricos. Por isso, conclui a UIT, 44% das pessoas que têm computador em casa ainda não conseguem pagar uma assinatura para ter internet.

Sérgio Amadeu, um dos maiores especialistas na área, há longo tempo e com frequência denuncia isto em entrevistas – inclusive ao blog – artigos, seminários e conferências de que participa. Com uma agravante: ele diz que pagamos as mais caras telefonia e internet no mundo e recebemos de volta a pior qualidade na prestação dos dois serviços.