terça-feira, 4 de novembro de 2014

Comissão Nacional da Verdade vai pedir responsabilização dos criminosos da ditadura.


No dia 16 de dezembro, a Comissão Nacional da Verdade (CNV) entrega seu relatório final de 2,5 anos de trabalho à presidenta Dilma, no qual pedirá a responsabilização criminal dos agentes civis e militares que torturaram, mataram e cometeram outros tipos de atrocidades, arbítrios e ilegalidades durante a ditadura militar (1964-1985). Está certíssima a Comissão ao pedir a responsabilização civil e penal dos militares e civis que praticaram crimes.

Acompanhamos o tempo todo o trabalho da CNV e como vocês nos perguntamos, agora, o que vai acontecer, o que pode ser feito com esses criminosos diante da persistência da Lei da Anistia recíproca, ainda intocada no Brasil, 35 anos depois de editada pela ditadura.

Há luz e esperança no fim do túnel. Até porque o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, ainda não colocou em pauta, mas precisa colocar em votação pelo plenário aquele recurso que considera não prescrito o caso do ex-deputado Rubens Paiva para que possa ter prosseguimento a ação penal contra os cinco militares responsabilizados pelo seu assassinato e desaparecimento de seus restos mortais em 1971.