terça-feira, 29 de setembro de 2015

Dilma diz que Agenda 2030 exige compromisso e que Brasil superou fome com políticas públicas.

extrema e, como resultado, no ano passado o Brasil saiu do Mapa Mundial da Fome Em seu discurso na ONU, a presidenta Dilma lembrou que foi a partir de políticas sociais inovadoras de transferência de renda que o Brasil conseguiu superar a fome. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

O compromisso e a solidariedade entre nações serão vitais para implantar a Agenda 2030, anunciada pelas Nações Unidas por ocasião do 70º aniversário da entidade. “Esta agenda exige solidariedade global, determinação de cada um de nós e compromisso com o enfrentamento da mudança do clima, com a superação da pobreza e da miséria e a construção de oportunidade para todos”, enfatizou a presidenta Dilma Rousseff nesta segunda-feira (28), ao abrir a Assembleia Geral da organização.

Dilma lembrou que, desde 2003, políticas sociais inovadoras e de transferência de renda contribuíram para que mais de 36 milhões de brasileiros superassem a pobreza extrema e, como resultado, no ano passado o Brasil saiu do Mapa Mundial da Fome. Agora, o ONU adota as mesmas políticas como o segundo dos 17 novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que vão substituir os 8 Objetivos do Milênio, na nova agenda.

“Isso evidencia a eficácia de nossa política, chamada Fome Zero, que agora se transforma no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 2”, comemorou a presidenta Dilma Rousseff, ao abrir a 70ª Assembleia-Geral das Nações Unidas nesta segunda-feira (28), em Nova Iorque.

Fonte: http://blog.planalto.gov.br/