quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Grito dos Excluídos em Manaus tem manifestação contra governo Temer.

Grito dos Excluídos reuniu manifestantes em Manaus (Foto: Isis Capistrano/G1 AM)

Movimentos sociais e a Cáritas realizaram na tarde desta quarta-feira (7) a 22ª Edição do Grito dos Excluídos na capital do Amazonas. O grupo saiu da frente do prédio da Santa Casa de Misericórdia - fechado há mais de dez anos, no Centro de Manaus, em direção à praça do São Raimundo, onde ocorrerá uma celebração ecumênica.

A manifestação começou por volta das 16h. Segundo Orlando dos Santos, coordenador da Cáritas, cerca de 1,5 mil pessoas participaram do protesto.

"Nosso objetivo é gritar contra o sistema econômico que exclui e mata as minorias e o meio ambiente. É um movimento nacional. Diversos grupos sociais e movimentos populares estão com a gente", disse Santos.