quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Escolas com melhor e pior nota do Amazonas no Ideb estão em Manaus.


As escolas públicas com maior e menor índice de qualidade no ciclo básico de ensino do Amazonas estão concentradas na capital. A informação é do Ministério da Educação (MEC), de acordo com dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2011, divulgados nesta terça-feira (14). Os números revelam ainda a baixa qualidade do ensino indígena no estado.

Realizado a cada dois anos, o Ideb analisa dois fatores que interferem na qualidade da educação: rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e médias de desempenho na Prova Brasil, aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.

Ideb Amazonas AM (Foto: Editoria de Arte/G1)

Na 8ª série, que marca o fim do ensino fundamental, a escola com pior desempenho foi a Escola Municipal Carlos Gomes, localizada na Compensa 2, Zona Oeste de Manaus, com nota 0,9, em uma escala de 0 a 10. Já a Escola Estadual Marcantonio Vilaca II, na Cidade Nova, Zona Norte, obteve a maior nota: 6,4.

A segunda escola com melhor desempenho foi o Colégio Militar de Manaus, com nota 6,2. As escolas estaduais Professor Djalma da Cunha Batista, na capital, e Euclides Correa Vieira, em Beruri, ficaram com o 3º e 4º lugar, e em seguida o Colégio Militar da Polícia Militar, localizado na Zona Sul de Manaus, em 5º.

Os índices do Ministério da Educação também são preocupantes para a baixa qualidade no ensino destinado aos povos indígenas no Amazonas. Escolas indígenas ocupam seis posições no ranking das 10 unidades com notas mais baixas. As notas variam de 1,1 a 1,6. As seis unidades com baixo desempenho estão localizadas nos municípios de Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença e Tabatinga.

Ídeb 2011 - 15 melhores índices Amazonas - Ensino Fundamental até 8ª ano:

  1. ESCOLA ESTADUAL MARCANTONIO VILACA II (MANAUS) - 6,4
  2. COLÉGIO MILITAR DE MANAUS (MANAUS) - 6,2
  3. ESCOLA EST. PROF. DJALMA DA CUNHA BATISTA (MANAUS) - 6,1
  4. ESCOLA ESTADUAL EUCLIDES CORREA VIEIRA (BERURI) - 5,9
  5. COLÉGIO MILITAR DA POLICIA MILITAR (MANAUS) - 5,9
  6. ESCOLA ESTADUAL BALBINA MESTRINHO (NOVO AIRÃO) - 5,9
  7. ESCOLA ESTADUAL PROF. CHAGAS MATTOS (ENVIRA) - 5,8
  8. ESCOLA ESTADUAL ALTAIR SEVERIANO NUNES (MANAUS) -5,7
  9. ESCOLA EST. PROF. LEONOR SANTIAGO MOURÃO (MANAUS) -5,7
  10. ESCOLA EST. PRESIDENTE CASTELO BRANCO (ENVIRA) - 5,6
  11. ESC PROCÓPIO MARANHÃO (IRANDUBA) - 5,6
  12. ESCOLA MUN. PROFª NAIDE SOARES DE OLIVEIRA (MANAUS) - 5,6
  13. ESCOLA MUN. BENÍCIO RODRIGUES PENA (B. DO ACRE) - 5,5
  14. ESCOLA EST. BRIG JOÃO CAMARÃO TELLES RIBEIRO (MANAUS) - 5,5
  15. ESCOLA ESTADUAL BATISTA DE PARINTINS (PARINTINS) - 5,5.
Ídeb 2011 - 15 piores índices Amaonas - Ensino Fundamental até 8ª ano:
  1. ESCola MUN. CARLOS GOMES (MANAUS) - 0,9
  2. ESCOLA MUN. INDÍGENA BAMA (S. PAULO DE OLIVENÇA) - 1,1
  3. ESCOLA MUN. INDÍGENA TICUNA MORUAPU (S. PAULO DE OLIVENÇA) - 1,2
  4. ESCOLA MUN. INDÍGENA SAO FRANCISCO DE ASSIS (TABATINGA) - 1,3
  5. ESCOLA INDÍGENA TCHUEGUNE (S. PAULO DE OLIVENÇA) - 1,4
  6. ESCOLA MUN. INDÍGENA BELA VISTA (SANTO ANTÔNIO DO IÇÁ) - 1,4
  7. ESCOLA EST. INDÍGENA DOM PEDRO I (SANTO ANTONIO DO ICA) - 1,6
  8. ESCOLA MUN. SÃO SEBASTIÃO (MANAUS) - 1,6
  9. ESCOLA MUN. JOAQUIM DA SILVA PINTO (MANAUS) - 1,7
  10. ESCOLA MUN. PROFª ELIZABETH BELTRÃO (MANAUS) - 1,7
  11. ESCOLA MUN. SAO JOÃO (MANAUS) - 1,8
  12. CENTRO DE EDUCACÃO INDÍGENA (AMATURÁ) - 1,8
  13. ESCOLA EST. INDÍGENA ALMIRANTE TAMANDARÉ (TABATINGA) - 1,9
  14. ESCOLA MUN. DOM MILTON CORREA PEREIRA (MANAUS) - 1,9
  15. ESCOLA MUN. MARIA RUFINA DE ALMEIDA (MANAUS) - 1,9.
Fonte: http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2012/08/escolas-com-melhor-e-pior-nota-do-am-no-ideb-estao-na-capital-aponta-mec.html