quinta-feira, 5 de março de 2015

Waldemir requer a presença dos secretários da Semsa e Semed para darem explicações sobre a situação das comunidades ribeirinhas


Para darem explicações acerca dos graves problemas que afetam os aparelhos públicos municipais das comunidades ribeirinhas especificamente as escolas e as unidades de saúde, o vereador Waldemir José (PT) protocolizou na manhã de quarta-feira (4), requerimento convocando os secretários municipais de educação e de saúde. De acordo com o autor da proposta, “a situação que as famílias ribeirinhas vivem é lastimável, portanto não dá mais para esperar”. 

Em visita realizada nos meses de dezembro de 2013, janeiro e fevereiro deste ano, para fiscalizar a situação em que se encontra a zona rural do município de Manaus, às margens dos rios Negro e Solimões, Waldemir constatou que muitas escolas e unidades de saúde parecem viver ainda no passado, quase abandonadas pelo Poder Público, desrespeitando o direito à educação e à saúde das famílias que moram nessa região. 

Entre os graves problemas que o vereador encontrou na fiscalização, ele destaca a ausência de gestor em praticamente todas as escolas visitadas, escolas em construção há mais de três anos, equipamentos de informática encaixotados também há mais de 3 anos esperando instalação, trabalhadores terceirizados estão sem receber o 13º salário e o salário do mês, crianças fora da escola, a falta de medicamento, a falta de médico, a falta agentes comunitários de saúde, a falta materiais básicos e até mesmo a falta postos de saúde.

“A questão da saúde e da educação nessas comunidades é dramática. Se aqui na capital não temos política de saneamento básico imagina nesses lugares”, concluiu Waldemir.

Esses e outros graves problemas que foram relatados na Câmara Municipal pelo parlamentar são gravíssimos, o que exige o debate e a explicação da Prefeitura a respeito dessa situação. 

Fonte: Assessoria de Comunicação