sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Manicure é presa com 3 kg de maconha no bairro da Compensa

Policiais civis das Seccionais Oeste e Centro-Sul, coordenados pelas delegadas titulares Suely Costa e Ana Patrícia Ventilari, respectivamente, deflagraram na tarde de quinta-feira (9) a "Operação Integração”, que resultou na prisão da manicure Rosana Ribeiro Leal, 24, investigada por envolvimento com tráfico de drogas no bairro da Compensa 1, Zona Oeste de Manaus.

Após dois meses de investigações, iniciadas a partir de denúncias anônimas, os policiais prenderam a manicure em flagrante por volta das 17h, na residência dela, localizada na rua Santo Antônio, bairro do mesmo nome. No lugar os policiais encontraram 3 kg de maconha prensada, 745 trouxinhas de droga, entre pasta-base de cocaína, cocaína em pedra, oxi e maconha e uma balança de precisão, além de material para refino e embalo da droga.

A delegada Suely Costa, titular da 4ª Seccional Oeste, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (10), na sede do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), destacou detalhes da investigação que resultou na prisão de Rosana.

“Recebemos as denúncias e intensificamos as investigações. Na tarde de ontem confirmamos que no local onde ela oferecia serviços de manicure, também funcionava como ponto de venda e distribuição de drogas. Isso foi comprovado porque no lugar foram apreendidas tanto drogas que estavam prontas para serem comercializadas no varejo e drogas em grande quantidade que seriam distribuídas no atacado para outros pontos de venda de entorpecentes”, frisou.

Suely Costa ressalta ainda que as denúncias apontavam que três pessoas participavam do delito, porém apenas Rosana foi encontrada no lugar. “As investigação em torno desse caso irão continuar para prendermos o restante das pessoas envolvidas no esquema criminoso”, disse.

Na sede do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rosana foi autuada em flagrante por tráfico de drogas (Artigo 33 da Lei nº 11.343/06). Ao término dos procedimentos cabíveis, a manicura foi levada à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá aguardar decisão da Justiça.