terça-feira, 25 de outubro de 2016

Professor universitário diz em aula que palestrante da UnB é 'vagabunda'


A gravação de uma aula de Direito da Universidade Federal de Rondônia (Unir) tem gerado polêmica nas redes sociais. Durante sua fala de cerca de doze minutos, o professor Samuel Milet utiliza várias expressões de baixo calão ao se referir à uma palestrante da Universidade de Brasília (UnB) que tratou sobre gênero e aborto durante a Semana de Direito que ocorreu no campus de Porto Velho.

A palestra 'Por que é preciso falar de gênero no direito?', ministrada pela doutoranda Sinara Gumiere foi duramente criticada com termos como 'vagabunda' e 'bostinha', entre outros adjetivos considerados pelos alunos e manifestantes como misóginos, sexistas e machistas, pelo professor que é contra o posicionamento da palestrante sobre o assunto.

Em poucos dias o caso ganhou repercussão nacional. Débora Diniz, que é orientadora de Sinara no doutorado em Direito pela UnB, gravou um vídeo criticando a atitude do docente e exigindo que Milet peça desculpas públicas pelas palavras que ela classificou como 'violentas e ofensivas'.