domingo, 20 de novembro de 2016

MORADORES DA VILA DE LINDÓIA FECHAM AM-010 EM PROTESTO PELO ABANDONO NA SAÚDE


Com sentimento de revolta e desesperados pelo abandono total na área de saúde, os moradores da Vila de Lindóia (169 quilômetros de Manaus), fecharam Rodovia Estadual AM-010 (Manaus-Itacoatiara) na tarde de hoje (20), alegando que só irão liberar a estrada com a presença do prefeito de Itacoatiara ou governador do Estado. Os moradores exigem um posicionamento de alguma autoridade sobre a falta de políticas públicas para a vila. A gota d'Água foi a morte ontem de um garoto por falta de atendimento. A Vila de Lindóia tem cerca de 4.000 moradores.


A comunidade de Lindóia desenvolveu-se à margem direita do Rio Urubu. Os primeiros moradores viviam da caça e da pesca que na região era abundante, atualmente com o crescimento da população e o aumento da caça e pesca predatória houve uma diminuição enorme sobre esses animais.Com a diminuição da fonte de alimento os ribeirinhos migraram para a comunidade em busca de melhores dias, o que trouxe pobreza e miséria para muitos, pois a ajuda do governo não é suficiente para suprir as necessidades dos moradores da comunidade que dependem do assistencialismos governamental

Com a chegada da “urbanização” vieram também as doenças, pois algumas pessoas passaram a jogar o lixo nos igarapés, somado a isso veio a malária que provocou pânico na comunidade. As moradias eram construídas próximas aos igarapés. O crescimento da comunidade baseou-se em um projeto da Emater-Am com a plantação de seringueiras para a extração do látex (que fracassou) o solo não fértil para o cultivo de seringa e como sempre os projetos do governo sem a preocupação da correção do solo para que o projeto obtiver-se sucesso.