domingo, 15 de junho de 2014

Com verba de turismo, Prefeitura de Manaus gasta R$ 139 mil para vereadores assistirem Inglaterra x Itália.

De Rossi comemora gol marcado por Marchisio com banco de reservas da Itália (© Getty)

Candreva avança pela direita e cruza na medida para Balotelli cabecear e mandar para o fundo das redes. 2 a 1 Itália contra Inglaterra, neste sábado, na Arena da Amazônia, em Manaus, naquela que talvez tenha sido uma das melhores partidas até aqui da Copa do Mundo. Mais do que isso, uma das mais controversas para os cofres públicos também: mais de 100 ingressos foram distribuídos para 41 vereadores e 21 secretários municipais no confronto.

Eles terão acesso também aos outros três jogos a serem realizados ainda no estádio: Camarões e Croácia, no dia 18; Estados Unidos e Portugal, no dia 22; e finalmente Honduras e Suíça, no dia 25.

Ao todo, foram comprados 544 ingressos a um custo total de R$ 139.400 mil.

A assessoria de comunicação da Câmara Municipal de Manaus (CMM) não confirma oficialmente a informação, mas ela foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 23 de maio. O repasse dos bilhetes, segundo apurado pela reportagem com as autoridades, aconteceu no fim da última semana.

Um detalhe que chama a atenção é que os ingressos foram adquiridos com uma verba destinada, a princípio, ao turismo amazonense. Esses recursos, conforme a Lei Orçamentária (LOA), deveriam ser aplicados em ações promocionais do setor.

Ainda de acordo com o Diário Oficial, a compra foi feita através da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) em contato direto com a Fifa e, segundo despacho de ratificação do diretor presidente do órgão, Bernardo Soares Monteiro de Paula, em 14 de maio, sem processo licitatório - como não havia necessidade de concorrência entre empresas, ele foi considerado "inexigível".

O preço dos ingressos da Arena da Amazônia, em seus setores mais populares, varia entre R$ 60 e R$ 350.

O estádio recebeu um público de cerca de 40 mil torcedores em sua estreia na Copa, neste fim de semana, e enfrentou problemas como a falta de energia elétrica em parte da tribuna de imprensa, as condições do gramado longe das ideais e ainda a desorganização na venda de produtos no intervalo.

Fonte: http://esportes.br.msn.com/copa-2014/noticias/com-verba-de-turismo-prefeitura-de-manaus-gasta-rdollar-139-mil-para-vereadores-assistirem-inglaterra-x-it%C3%A1lia