terça-feira, 6 de maio de 2014

Mau funcionamento dos ‘Cetis’ confirmam o descompromisso do Governo Estado com a educação.



O deputado José Ricardo irá encaminhar um novo ofício requerendo resposta da Secretaria do Estado de Educação de Amazonas (Seduc) quanto ao mau funcionamento do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) ‘Professora Maria Izabel Desterro e Silva’, localizado no município de Iranduba. Os alunos estão sendo liberados no primeiro turno por falta de professores, não há uma programação pedagógica apropriada ao sistema integral de ensino, nem refeições.

O parlamentar denunciou a situação do Centro em março, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), após ter ido ao município no referido mês. Depois do comunicado do descaso com a escola, ele encaminhou a solicitação informações ao Governo Estadual, porém não houve resposta. “Gastou-se R$14 milhões com este Ceti para no final não ter as mínimas condições de funcionamento de um ensino de tempo integral. Lamentamos que a educação não seja prioridade deste governo”, acentuou.

No dia de hoje (6), a imprensa publicou uma matéria sobre esse mesmo Centro, expondo toda a falha existente na unidade de ensino, como a ausência de professores de disciplinas básicas como de biologia, química, história e inglês desde que começou o ano letivo.

José Ricardo afirmou que o desrespeito com que é tratado o professor da rede pública é outra comprovação de que a educação está relegada ao segundo plano. Desde o início de 2014 a categoria está nas ruas reivindicando melhorias para os profissionais da educação como direito aos auxílios alimentação e transporte, plano de saúde, reajuste salarial de 20%, eleições diretas para diretores de escolas, entre outros pleitos. Porém, os professores estão lutando por esse direitos há anos, mas até o momento seus esforços não tem sido atendidos por esse governo.